terça-feira, 27 de setembro de 2011

Minotaurus - Fly Away (1978) [Germany]



Mesmo que o ano de 1978 não tenha sido nada fácil para as bandas progressivas ainda assim tivemos belos lançamentos neste período, principalmente em países com Inglaterra e Alemanha. Um desses discos foi Fly Away gravado pela banda alemã Minotaurus. Sendo uma mistura de Pink Floyd e Eloy, começa de forma sensacional com a faixa 7117, uma canção com ótimos teclados Hammond, mostrando uma banda coesa, com técnica apurada, além de um bom cantor. O som é um progressivo urgente com bateria intensa, bons trabalhos do guitarrista Mick Helsberg que já chega para mostrar que o disco, apesar de obscuro, tem seu valor dentro da proposta. As letras, cantadas em inglês, mostram uma boa voz do seu cantor Peter Scheu, principalmente nas partes mais agudas. Esta primeira faixa foi inclusive incluída no filme 7117 de Stanley Krubick. Outra faixa interessante é Your Dream, mostrando uma condução competente. Os teclados, mesmo soando datados hoje em dia, são de extrema beleza e eficiência. A canção traz passagens climáticas que permitem ao ouvinte literalmente viajar no som. Apesar de ser o único registro fonográfico da banda, impressiona pela forma da execução, qualidade das músicas e maturidade que eles já demonstravam ter em estúdio. Para se ter uma idéia do trabalho da banda, podemos concluir que foi uma referência para o Marillion nos anos 1980, pois algumas músicas, como, por exemplo, Lonely Seas, lembram muito a banda do cantor Fish. Esta canção em especial tem uma belíssima introdução do vocalista, servindo de ponte para a parte instrumental que vem em seguida. O som climático da música ajuda muito, principalmente na base conduzida pelo teclado e baixo. A banda usava muito bem a guitarra nos trabalhos solo, o que ajudava a variar um pouco nas passagens mais lentas. Tudo isso feito com muito bom gosto e qualidade. Highway é uma faixa um pouco mais rápida e dinâmica, mas é em Fly Away, música título, que a banda mostra todo seu talento, o que acaba se tornando o grande momento do álbum. Praticamente impossível não se lembrar do Pink Floyd, principalmente de passagens do álbum Animals de 1977 e até mesmo de Dark Side of the Moon de 1973. A longa faixa despeja toda emoção e técnica numa música que poderia facilmente ter alcançado um sucesso maior ou mesmo ser considerada como um dos clássicos do rock progressivo, principalmente na Alemanha. Apesar do bom disco gravado, o Minotaurus não seguiu adiante e acabou se tornando um desconhecido no mundo musical em anos posteriores. Na época de seu lançamento fez relativo sucesso em seu país de origem, por ser considerada como uma ótima banda ao vivo. Mesmo não podendo ser considerado muito criativo, o saldo final é um álbum com ótima qualidade musical além de muito bem executado. O disco em vinil é absolutamente raro hoje em dia, mas os relançamentos em formato digital podem ser encontrados. O álbum teve um relançado em CD em 1992 pelo selo Lost Pipedreams. A capa do disco, traz o Minotauro, símbolo da banda, não sendo exatamente uma capa de bom gosto. Apesar disso o disco é ótimo para os amantes do progressivo clássico, mesmo que a capa não indique isso.

Fonte: Livro - Rock Raro - O Maravilhoso e deconhecido mundo do rock

1.7117 (6:47)
2.Your Dream (5:40)
3.Lonely Seas (4:42)
4.Highway (3:20)
5.Fly Away (13:20)
6.The Day The Earth Will Die (4:40)
7.Sunflowers (3:59)

Download: http://www.megaupload.com/?d=3CVBF4SF

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...