quarta-feira, 4 de maio de 2011

Rhinoceros – Rhinoceros (1968) [USA]



Aproveitando a efervescência do movimento psicodélico do ano de 1968, enorme sucesso de grupos da casa como os Doors e Love de Arthur Lee, o selo Elektra, contando com o produtor Paul A. Rotchild, apostava em novos nomes e um desses é o hoje desconhecido Rhinocerus. Sem dúvida, se trata de um nome de menor envergadura, mas que produzia uma música interessante. O disco de estréia, deles foi lançado em pleno 1968 e já na abertura traz a poderosa faixa When You Say You’re Sorry. Apesar do vocal mediano, a banda trazia três guitarras além de um órgão que tinha seu destaque também. Outra boa faixa é Same Old Say, faixa que fica entre o pop e a soul music. O charme da melodia e execução surpreende e mostra a versatilidade dos músicos. A terceira faixa é Apricot Brandy e trata-se de um interessante instrumental com destaque total para os teclados tocados de forma alucinada por Michael Fanfara que lembra vagamente Vincent Crane, do Atomic Rooster. That Time Of the Year foi a faixa de trabalho da banda – uma boa balada e que não surtiu o sucesso desejado para fazer a banda estourar. Outra canção que merece ser citada é I’ve Been There, pesada e ainda temos outra boa balada, Along Comes Tomorrow. Já You’re My Girl (I Don’t Want to Discuss It) é praticamente uma canção com direitos a metais e num vocal bem pomposo da black music do final dos anos 1960, uma das melhores coisas do álbum, aqui o vocalista John Finley encontra uma bela interpretação e mostra que neste gênero o músico se dava muito melhor. O disco foi bastante promovido pela Elektra e acabou não vendendo nada e algumas das suas canções acabaram se tornando sucesso na voz de outros, principalmente I Will Serenade You que brilhou com a banda americana de Three Dog Night, na década de 1970. A banda ainda gravou mais dois álbuns na sequência. Satin Chickens saiu em 1969 e Bett er Times Are Coming em 1970, mas mesmo com esse título otimista, não conseguiu alavancar a banda para o sucesso e em seguida encerraram suas atividades. De toda forma, é neste disco homônimo que a banda, com a sua melhor formação, gravou seu melhor trabalho. Apesar de o disco hoje em dia soar um pouco datado ainda assim é raro, bom e vale muito a pena tê-lo em sua coleção. O vinil original é bem difícil de ser encontrado e trata-se de um material gráfico bem interessante com capa dupla, foto interna bacana mostrando o visual um tanto quanto divertido da época. Existem lançamentos em CD, inclusive um de 2002 pela Collectors Choice e trazendo livreto com a história da banda.

Fonte: Livro - Rock Raro - O Maravilhoso e deconhecido mundo do rock

1.When You Say You're Sorry (3:51)
2.Same Old Way (2:03)
3.Apricot Brandy (1:58)
4.That Time Of The Year (4:11)
5.You’re My Girl (4:38)
6.I Need Love (4:23)
7.I've Been There (4:24)
8.Belbuekus (2:26)
9.Along Comes Tomorrow (4:37)
10.I Will Serendade You (3:19)

Download: http://www.megaupload.com/?d=1N30IJY8

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...