quarta-feira, 27 de abril de 2011

The Move - Looking On (1971) [U.K]




The Move foi uma das bandas mais importantes surgidas no meio dos anos 60 mas que nunca teve um reconhecimento na América, porem seu disco de estréia de 68 apesar de não ter sido um fenômeno de vendas, ouve um reconhecimento da critica especializada que os consideravam autênticos e sofisticados. Sua característica no inicio era dar mais prioridade a aparência que o som, fazendo com que comparações com o Jeff Beck Group fossem inevitáveis, mas aos poucos graças ao talento do seu líder, o compositor e guitarrista Roy Wood, a combinação de doses psicodélicas com o molho britânico inevitável dos Beatles e ainda um mórbido sendo de humor seria a combinação certeira para que a banda monta-se um repertório onde as improvisações roqueiras se destacavam dando ao grupo uma personalidade forte que ajudou sustentar sua base por um certo tempo.
O mais curioso é que os americanos só foram descobrir a banda algum tempo depois que os mesmo já haviam se separados, exceto dois de seus integrante Roy Wood e Jeff Lynne que juntos resolveram montar uma banda de rock orquestral e ganhado fama e sucesso com o nome de The Eletcric Light Orchestra e que logo se tornou uma das maiores referencias no rock-pop dos anos 70. Só que no caso do The Move, havia um formato de experimentalismo e uma preocupação de soar pesado e claro em alguns momentos pop, mas na linha da chamada invasão britânica, se bem que eles acabaram chegando um pouco atrasados nesse sentido. O nome da banda viria do fato de que no inicio seus integrantes tiveram que se “mover” de suas cidades locais e fixar em Birmingham para montar a banda, porem quando foram tentar a sorte em Londres foram ver The Who em um show onde Pete Townshend quebrava guitarras e destruía aparelhos de tv “que naquela época era muito mais caro” em cima do palco o que acabou influenciando muito em varias composições do grupo. Tiveram logo no começo 4 singles tirados de compactos simples catapultados para as paradas do top-ten inglês entre 67-68. Não demorou muito o quinteto se desfalcaria do baixista Ace Kefford que nunca foi um grande colaborador mas gostava de aparecer mais que os outros em fotos promocionais e entrevistas.
Porem somente com o quarto disco Looking On , que por sinal marca a entrada de Jeff Lynne na banda, eles chegariam e ainda assim uma única vez ao topo das paradas com a musica "Blackberry Way" considerada por muitos como uma das suas melhores canções que é uma espécie de humor negro para “"Penny Lane" dos Beatles e inclusive já foi revisitada pelo ELO. As musicas de Lynne como "What?" e "Open Up Said the World at the Door" são maiores e complexas enquanto as de Wood são puro hard-rock já na linha metal que geraria também comparações com Black Sabbath, e isso éra o diferencial do álbum já que a união de duas cabeças diferentes seriam determinantes parase fazer um som brilhante e consistente. Se você prestar atenção nas musicas de Wood como "Looking On" and "Turkish Tram Conductor Blues” parece até que havia uma profecia de que um dia surgiria o estilo grunge, já que ela tem a cara do Soundgarden. Já na clássica “Feel Too Good”, um dos grandes hits do disco, tudo começa com um riff pesado e um piano boogie que logo depois vai se expandido em improvisos de guitarra que culmina com vocais ala Beach Boys, em geral as musicas lembram coisas dos Faces e pitadas de Black Crowes. Em “When Alice Comes Back To The Farm" tem piano honky-tonk meio maluco como em varias experimentos do album. Outros destaques são “Brontosaurus” que já foi regravado pelo Cheap Trick e “Wild Tiger Woman”.
Essa versão postada aqui no blog é a remaster, com faixas extras, mas que sinceramente não acrescentam nada ao album, que é brilhante apenas com suas músicas originais.

1.Looking On (7:49)
2.Turkish Tram Conductor Blues (4:49)
3.What? (6:43)
4.When Alice Comes Back to the Farm (3:44)
5.Open Up Said the World at the Door (7:11)
6.Brontosaurus (4:26)
7.Feel Too Good (9:34)

Bonus Tracks:

8.Lightning Never Strikes Twice (3:15)
9.Looking On Pt. 1 (4:34)
10.Looking On Pt. 2 (4:51)
11.Turkish Tram Conductor Blues (4:54)
12.Open Up Said the World at the Door (1:27)
13.Feel Too Good (2:40)
14.Duke of Edinburg's Lettuce (1:26)

Download: http://www.megaupload.com/?d=37GLYGFC

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...