sexta-feira, 18 de junho de 2010

Omega - 200 Years After The Last War (1974) [Hungary]



No auge do movimento progressivo, em meados dos anos 70, surge no Brasil um selo chamado Sábado Som que era alusivo as tardes de Sábado nas quais era veiculado um programa destinado ao público que gostava de rock na rede globo de televisão chamado rock concert. Em meio a ótimos lançamentos de bandas européias pudemos conhecer a mais popular banda da Hungria chamada Omega, através do lançamento da versão em inglês intitulada de 200 years after the last war de 1974 de um dos seus originais hungaros, lançada aqui em 1976. Nesta época o Omega já tinha uma discografia extensa inclusive já tendo lançado Nem Tudom a Neved,( 75) considerado um dos melhores trabalhos da banda, do qual foi extraida a versão em inglês da música chamada Help to find me, deste disco.
A Banda começou em 68 com forte influencia psicodélica no som, fato característico para época. Transformou-se em um progressivo clássico com influencias hard rock e sinfônica utilizando bastante o sintetizador e moogs, popularizando-se no resto de Europa, apesar de que as versões originais são excelentes, pouco importando o fato dos vocais serem em Húngaro. Este trabalho é muito bom e considerando o universo imenso de trabalhos excelentes e obrigatórios em progressivo e uma discografia extensa da banda, acredito que ele possa sintetizá-la e portanto oferecer a v/c uma ótima amostra. Confesso que para nós, na época, era surpreendente que bandas não inglesas e americanas tivessem uma sonoridade e qualidade que não ficava nada a dever para os famosos, embora as influencias de Floyd e Eloy fossem nítidas. Se você resolver comprar um disco desta banda aqui esta uma excelente sugestão. Ele o recompensará. Depois de ouvir a suite concordará em gênero, número e grau comigo.

1.Suite
2.Help To Find Me
3.200 Years After The Last War
4.You Don't Know

Download: http://www.megaupload.com/?d=YKR1NVRV

quarta-feira, 2 de junho de 2010

Jon Anderson - Olias of Sunhillow (1976) [U.K]




Nesse seu primeiro disco solo, um Jon Anderson místico e espiritualista nos é apresentado por meio de canções que na sua maioria não devem ser compreendidas como canções de rock progressivo do jeito que a maioria das pessoas concebe. Poderíamos mesmo sugerir algo entre a música progressiva e a new-age. Os fãs mais acostumados as performances do vocalista no Yes certamente estranharão o caminho pelo qual Anderson optou seguir neste trabalho que é fortemente pessoal e introspectivo. O disco abre com a belíssima instrumental ocean song , Dance of Ranyart /olias (to build the moorglade) se inicia ao som se suaves harpas e na metade muda completamente de andamento ao som da voz suave de Anderson. Como em todo o decorrer desse trabalho, nunca o clima evidente de rock aparece muito claro; nos mais de 7 minutos de Qoquac en transic maon transic to um clima de música new age e muitos sons de tambores. Talvez o grande momento de todo o trabalho seja em Moon ra /chords / song of search, dividida em quatro seções claramente perceptíveis, sendo que as duas primeiras são cantadas e as suas últimas são instrumentais, com a suavidade típica de new age, de certa forma , mesmo anos antes, já antecipando o que seria a fértil e criativa parceria entre Anderson e o tecladista grego Vangelis Papathanassiou. O disco fecha com To the runner, música simples e de melodia agradável logo à primeira audição, bem ao contrário da obra como um todo que é complexa e dificilmente cativará o ouvinte logo de cara. Esse trabalho solo Jon Anderson marca, além de seu primeiro trabalho solo como vocalista, também sua primeira performance como multiinstrumentista. Aqui Anderson toca, flautas, piano de cauda, marimba, xilofone, bateria, harpa, baixo e violão, além de trabalhar com sons de sintetizadores, sinos, tambores e pandeiro. Ciente de suas limitações como instrumentista em que nada pode se comparar aos seus colegas de banda, Anderson se utiliza de sua extrema competência como criador de melodias que certamente surpreenderá os fãs nesse disco espiritualista e de cunho fortemente pessoal.

1.Ocean Song (3:04)
2.Meeting(Garden of Geda)/sound out the galleon (3:34)
3.Dance of ranyart /olias (to build the moorglade) (4:19)
4.Qoquac en transic maon transic to (7:08)
5.Flight of the moorglade (3:25)
6.Solid space (5:21)
7.Moon ra /chords / song of search (12:49)
8.To the runner (4:28)

Download: http://www.4shared.com/file/81673410/4cb69b0a/Jon_Anderson_-_Olias_Of_Sunhillow_-_1976.html
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...