quarta-feira, 2 de junho de 2010

Jon Anderson - Olias of Sunhillow (1976) [U.K]




Nesse seu primeiro disco solo, um Jon Anderson místico e espiritualista nos é apresentado por meio de canções que na sua maioria não devem ser compreendidas como canções de rock progressivo do jeito que a maioria das pessoas concebe. Poderíamos mesmo sugerir algo entre a música progressiva e a new-age. Os fãs mais acostumados as performances do vocalista no Yes certamente estranharão o caminho pelo qual Anderson optou seguir neste trabalho que é fortemente pessoal e introspectivo. O disco abre com a belíssima instrumental ocean song , Dance of Ranyart /olias (to build the moorglade) se inicia ao som se suaves harpas e na metade muda completamente de andamento ao som da voz suave de Anderson. Como em todo o decorrer desse trabalho, nunca o clima evidente de rock aparece muito claro; nos mais de 7 minutos de Qoquac en transic maon transic to um clima de música new age e muitos sons de tambores. Talvez o grande momento de todo o trabalho seja em Moon ra /chords / song of search, dividida em quatro seções claramente perceptíveis, sendo que as duas primeiras são cantadas e as suas últimas são instrumentais, com a suavidade típica de new age, de certa forma , mesmo anos antes, já antecipando o que seria a fértil e criativa parceria entre Anderson e o tecladista grego Vangelis Papathanassiou. O disco fecha com To the runner, música simples e de melodia agradável logo à primeira audição, bem ao contrário da obra como um todo que é complexa e dificilmente cativará o ouvinte logo de cara. Esse trabalho solo Jon Anderson marca, além de seu primeiro trabalho solo como vocalista, também sua primeira performance como multiinstrumentista. Aqui Anderson toca, flautas, piano de cauda, marimba, xilofone, bateria, harpa, baixo e violão, além de trabalhar com sons de sintetizadores, sinos, tambores e pandeiro. Ciente de suas limitações como instrumentista em que nada pode se comparar aos seus colegas de banda, Anderson se utiliza de sua extrema competência como criador de melodias que certamente surpreenderá os fãs nesse disco espiritualista e de cunho fortemente pessoal.

1.Ocean Song (3:04)
2.Meeting(Garden of Geda)/sound out the galleon (3:34)
3.Dance of ranyart /olias (to build the moorglade) (4:19)
4.Qoquac en transic maon transic to (7:08)
5.Flight of the moorglade (3:25)
6.Solid space (5:21)
7.Moon ra /chords / song of search (12:49)
8.To the runner (4:28)

Download: http://www.4shared.com/file/81673410/4cb69b0a/Jon_Anderson_-_Olias_Of_Sunhillow_-_1976.html

5 comentários:

  1. É este disco que eu procuro mesmo, e o segundo de 1980 também. SE encontrá-lo, favor colocar aqui, sou muito grato!!! ESte blog tem umas maravilhas do prog italiano que tinha incompleto (e-mule) que estou completando agora.
    Este arquivo parecer que funcionará. Pena que neste formato não tenho conseguido baixar ou alguns não funcionam. Grande abraço.
    Celso

    ResponderExcluir
  2. alõ meu prog amigo !!!
    se alguém ainda não conhece não pode perder esta pérola !!!

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pelo post, Laís.

    Este é um disco que considero um dos melhores, se não o melhor, do prog. A história contada/cantada no disco é muito legal e o encarte muito bem desenhado.
    quanto ao som, vc o descreveu muito bem.
    Comprei este álbum, na primeira vez, em vinil e ficava economizando as audições para não arranhar o disco.
    Mais tarde comprei em CD, pagando uma grana em um importado japonês. Mas valeu a pena.
    Sou tão amarrado neste álbum que fiz uma tatoo do Moorglade.
    Valeu mesmo.
    [ ]s

    ResponderExcluir
  4. Levantei um link para o Song of Seven, segundo disco do Jon Anderson, para o Celso. Façam bom proveito:
    http://rapidshare.com/files/395907280/JA_1980_SOSeven.rar.html

    [ ]s

    ResponderExcluir
  5. Tenho em vinil. O encarte é maravilhoso!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...