quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Steve Hillage - Fish Rising (1975) [U.K]



Esse é praticamente o album-concept da carreira solo de Steve Hillage. Integrante ainda da banda francesa Gong desde o ano de 1.973, antes de sua entrada havia feito um unico trabalho com o Khan, Space shanty de 1.972, do qual foi fundador junto com o colega nos tempos de universidade, o telcadista Dave Stewart, totalmente space-prog. Quando o Gong lancou o ultimo trabalho da trilogia da banda, You no ano de 1.974, o futuro da banda parecia incerto, pois o proprio fundador Daevid Allen e mais sua companheira Gilly Smith estariam dando "adeus" a banda e nesse interim nos fins de 1.974, Hillage entra em estudio para iniciar a gravacao de seu primeiro album solo, Fish Rising. Finalizado no inicio de 1.975 o trabalho contava com nada menos que Pierre Moerlen (bateria, percussao), Tim Blake (teclados), Mike Howlett (baixo), Didier Marlhebe (flauta, saxofone) e obviamente sua companheira Miquette Giraudy (vocais, percussao), ou seja, praticamente quase 80% do Gong com excessao dos fundadores ja citados: Daevid Allen e Gilly Smith, sendo estes estariam trabalhando com outras coisas. O trabalho tambem contaria com o colega Dave Stewart (piano, teclados) e Lindsay Cooper (secao de metais, trabalhou com Fred Frith e Mike Oldfield). Ironicamente este trabalho poderia ser chamado praticamente de "Steve Hillage´s Gong", mas Pierre Moerlen naquele ano de 1.975 estaria dando continuidade com o Gong e lancaria o album Shamal, outro album que comecaria a mudar o estilo arrojado que a banda possuia com os fundadores dando inicio a fase fusion do Gong e este contaria com as ultimas participacoes de Hillage pois o mesmo a partir de entao iria continuar seu rumo sozinho, mais tardar o baterista adotaria o nome Pierre Moerlen´s Gong mas ai sao outras estorias.
Estreando no selo Virgin Records do empresario Richard Branson e produzido com o colaboracao de Simon Heyworth que tinha trabalhado tambem com o Gong em "You", o trabalho dificilmente decepciona o ouvinte, especialmente aqueles q gostam do cenario da musica canterbury e gostam de guitarras em especial, e um trabalho que de um aspecto global possui uma complexidade musical extremamente forte e o fusion esta muito envolvente no trabalho. Desde sua estreia no cenario musical Hillage adotou a arte de tocar guitarra sintetizada e é praticamente sua marca registrada, sera sempre eterna mesmo hoje atualmente com sua banda tecno System 7.
Trabalho este que se voce encontrar na sua frente (se tiver barato ainda mais) nao hesite em deixa-lo, nao ira decepcionar em momento algum.
Particularmente, acho um disco imperdível.
A primeira faixa Solar musick suite e como ja diz o nome, é uma suite que tem quase 17 minutos de duração, mas esta dividida em 4 partes, a mesma melodia que da inicio de entrada e o final da mesma incluindo muito fusion e arranjos crescentes muitissimo bem elaborados no meio da faixa.
Posteriormente vem Fish uma pequenissima vinheta interessante com muita marimba e vibrafone com metais acompanhando. Detalhe curioso: a entrada tem efeitos sonoros de bolhas na agua bem grandes e o mesmo no caso, foi incluso na banda tecno Orb - UFORB (1.992) que Hillage esta tambem presente na faixa "Blue room", mas aí tambem são outros assuntos.
The meditation of the snake, sao efeitos sonoros da guitarra sintetizada do guitarrista, parecem que sao pelo menos umas 03 tocadas ao mesmo tempo, e de arrepiar, chega ate a lembrar um pouco da faixa "Castle in the clouds" do Gong em Angels Egg (1.973).
The salmon song com quase 9 minutos de duração, talvez seja a ápice do trabalho, pois geralmente muitissimo apreciada pelos ouvintes, por outro lado muito tocada nas apresentações ao vivo da carreira solo do musico. Dividida em 04 partes, ja entra com um fortissimo arranjo de abertura de guitarra acompanhado do saxofone de Marlhebe e o ritmo de Moerlen, vai ficando crescente ate a entrada dos vocais de Hillage e Giraudy. Depois entra uma pequena seção acompanhada de um oboe, retornando os mesmos arranjos crescentes do inicio da musica finalizando a mesma.
Finalizando e fechando o album, vem talvez a faixa que é a mais complexa de todas do trabalho. "Aftaglid" de quase 15 minutos de duração, e a que esta dividida em mais seções: 7. Mistura rock, fusion, musica incidental do oriente, progressivo, funk e marcha. Esta é "batizada" com o inicio de abertura de um sino pequenino, entrando a guitarra com uma leve percussão, vai sendo crescente quando e tomada por um ritmo de marcha que vai progredindo por sinal ate que se tranquiliza com um violão acústico solando junto com o vocal de Giraudy. A guitarra volta em cena em ritmo de musica totalmente oriental acompanhada de tablas e uma timida flauta e o que já esta praticamente na metade da faixa e que Steve Hillage comeca a citar as letras da musica, imaginem isso ate o momento, porque ainda tem mais o outro restante da faixa. Quando Hillage termina as letras que encerram o Fish Rising, entra a banda toda acompanhando a guitarra num ritmo de rock que pra variar vai crescendo novamente ate que repentinamente o ritmo começa a ser tomado por um pequeno funk acompanhado ate por meio de palmas ( geralmente este pequeno trechinho e tocado em execucoes ao vivo e foi regravada no album For to next and not or de 1.983) e vai se crescendo ate que a guitarra vai ficando sozinha finalizando o album.

1. Solar Musick Suite: (16:55)
a) Sun Song (I Love its Holy Mystery (6:15)
b) Canterbury Sunrise (3:25)
c) Hiram Afterglid Meets the Dervish (4:05)
d) Sun Song (reprise) (3:10)
2. Fish (1:23)
3. Meditation of the Snake (3:10)
4. The Salmon Song: (8:45)
a) Salmon Pool (1:17)
b) Solomon's Atlantis Salmon (2:08)
c) Swimming with the Salmon (1:37)
d) King of the Fishes (3:43)
5. Aftaglid: (14:46)
a) Sun Moon Surfing (1:36)
b) The Great Wave and the Boat of Hermes (1:51)
c) The Silver Ladder (0:40)
d) Astral Meadows (2:01)
e) The Lafta Yoga Song (2:42)
f) Glidding (2:23)
g) The Golden Vibe/Outglib (3:33)

Download: http://www.megaupload.com/?d=TW34Q885

2 comentários:

  1. Cara, eu gostaria muito de poder baixar esse album!! O "Esquina do Rock" está fazendo uma falta enorme. Voltem Por Favor!! Abraço!!

    ResponderExcluir
  2. Cara, esse album é uma Obra-Prima, Steve Hillage está impecável!!
    A Faixa de Abertura já nos mostra a que veio Hillage e sua turma.
    Salmon Song mata a Pau!!! Album Indispensável!!
    O Link não está funcionando, peguei de outra fonte, mas em respeito a esse comentário tão completo do Blog achei interessante escrever alguma coisa tmbém.
    Um Abraço e "Retornem Esquina"!! Estamos esperando Vocês!!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...