quinta-feira, 16 de julho de 2009

Yes - Relayer (1975) [U.K]



Com a saída de Rick Wakeman, Yes procurava um novo tecladista entre os cogitados estava até Alan Parson, mas o escolhido foi o suiço Patrick Moraz, sua formação clássica e jazzística deram um toque especial e novo a banda, mesmo que a maior parte das músicas já estavam em avançada fase de composição. Relayer segue o padrão de faixas do Close to the Edge, uma suíte e outras duas extensas faixas. O álbum começa com a inacreditável e caótica 'Gates of Delirium' um épico de quase 22 minutos, agressivo tanto nos instrumentos quanto nos vocais e letras (pouco característico de Jon Anderson), destaca-se também a parte 'Soon" com um belíssimo vocal acompanhado da excelente lapsteel guitar de Steve Howe. A segunda faixa 'Sound Chaser' mostra bem o controle que Steve Howe tem sobre sua Telecaster, e também o de Patrick Moraz com característicos solos de mini-moog, esta música segue também uma linha agressiva como a 'Gates..', se perde um pouco nas viagens vocais (Cha, Cha, Cha!) mas ainda assim excelente. 'Relayer' acaba com 'To Be Over' bem mais lenta que as duas primeira, é uma linda música relativamente longa e também com excelentes passagens de guitarra de Steve Howe. Pena que este foi o único álbum com Patrick Moraz, uma obra de arte, particularmente muito superior aos seguintes que contavam novamente com Rick Wakeman.

1. Gates Of Delirium (22:55)
2. Sound Chaser (9:25)
3. To Be Over (9:08)

Download: http://rapidshare.com/files/110015782/Relayer.rar

4 comentários:

  1. Meu álbum favorito do Yes... obrigada por compartilhar... ^^

    ResponderExcluir
  2. Gosto deste, mas prefiro o Close to the edge, o melhor disco de rock progressivo lançado até hoje.
    Abraços
    Robson

    ResponderExcluir
  3. Apenas um reparo: Moraz é suiço. Abraços.

    ResponderExcluir
  4. Opa, falha total mesmo que passou ali, valeu pelo toque Gil, já está corrigido.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...