quinta-feira, 21 de maio de 2009

Mandalaband - Mandalaband (1975) [U.K]



O Mandalaband foi alvo de uma das histórias mais inusitadas do rock progressivo uma vez que seu idealizador, músico, compositor e produtor, o eminente egyptologista e diretor do Instituto para estudos de interdisciplinares de ciências Egípcias, David Rohl, foi preterido e impedido pela cúpula da Crilsalys Records a participar de sua própria criação. Uma verdadeira jóia preciosa que é primeiro disco do Mandalaband e que leva o mesmo nome realizado em 24 de Outubro de 1975. A companhia preferiu John Alcock ao invés dele.Obviamente um fato estranho como este também se revestiu de razões não muitos bem esclarecidas na época, mas encontrou conformismo do próprio Rohl, que disse ter ficado feliz nesta situação ao invés de estar em evidência deixando a banda que ele próprio fundara..???? Trata-se de um álbum conceitual que retrata a bravura e resistência do povo Tibetano a invasão chinesa e subseqüente ocupação do país. Abrindo shows para Robin Trower, rapidamente o trabalho chamou atenção da gravadora em Janeiro de 1975.David e Tony chamaram o então tecladista virtuoso Vic Emerson e o guitarrista Ashely Mulford´s que se tornaram parte da banda que gravou esta obra prima.Excetuando os que já possuem, dêem um presente a si mesmo, em nome do seu amor que você tem pelo progressivo, ele é absolutamente obrigatório em qualquer coleção básica do gênero e somente uma única audição já é suficiente para demonstrar claramente o porque. Quando você ouvir os quatro movimentos de "Oh My Papa" como era carinhosamente conhecida a suíte: Om Mani Padme Hum, sentira mais que emoção ficando arrepiado no quarto. Ele é épico! Os corais do London Chorale o tornam assim. Determination começa com um solo de órgão maravilhoso e é um progressivo fenomenal. Song for a King, com rítimo rápido e melodia magistral é outro momento maravilhoso deste trabalho. Torna-se desnecessário exaltar sua qualidade e preciosismo do restante das faixas. É um progressivo sinfônico que se pode chamar de um clássico europeu, com influencias da "realeza britânica progressiva" (Camel, Caravan, Renaissance e outros.) Acabou tornando-se um álbum cult do mundo progressivo.Sua capa, não poderia deixar de ser uma mandala e com certeza, se você nunca o escutou, está perdendo tempo e deixar essa obra maravilhosa de lado.

1.Om Mani Padme Hum, Movement One
2.Om Mani Padme Hum, Movement Two
3.Om Mani Padme Hum, Movement Three
4.Om Mani Padme Hum, Movement Four
5.Determination
6.Song for a King
7.Roof of the World
8.Looking In

Download: http://rapidshare.com/files/1501471/mndbd.rar

Pass: bassoprofundo

Um comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...