quinta-feira, 14 de maio de 2009

The Feminine Complex - Livin' Love (1969) [USA]



Quinteto formado apenas por garotas de Nashville. Lana Napier (bateria) e Jean Williams (baixo) começaram o grupo num verão ocioso de 1966, junto com duas colegas do time de basquete do colégio, Judi Griffith (voz e tamborim) e Mindy Dalton (guitarra e voz). Como qualquer banda de adolescentes, tocavam covers dos hits locais, de James Brown e do que mais gostassem. Mas desde o começo se empenharam em compor suas próprias canções, e estas eram priorizadas em suas duas primeiras apresentações. Com a adição da organista Pame Stephens, amiga de infância de Jean, consolidaram rapidamente um repertório autoral e saíram tocando em festas de escolas, clubes, rinques de patinação, lanchonetes e até um concurso de beleza. Harmonias vocais lindas e doces, mas absurdamente poderosas, para amparar essas vozes, um híbrido de soul e rock com discretíssimas influências country.O unico album da banda foi lançado em 1969, reeditado mais tarde com demos e versões extras de estudio.
Livin' Love é um album extremamente agradável, Pop do começo ao fim, sejam em suas baladas ou em suas rajadas dançantes. A faixa de abertura, Hide And Seek, traz o vocal gravíssimo e celestialmente sensual de Judi, uma diminuta musa de cabelos negros e garganta idem, enquanto uma trama de órgão e cozinha cria um clima de mistério e provocação para um refrão de licks guitarrísticos libidinosos. Menos de quatro minutos e o estrago já está feito. Você nunca mais vai conseguir viver sem esse disco.
Now I Need You vem com placidez para acalmá-lo depois dessa tempestade sensorial, mas a voz de Judi não deixa sua imaginação repousar enquanto ela rosna que precisava de você, pedido que é repetido de forma sussurrada por suas companheiras. A faixa seguinte, também uma balada, se chama Are You Lonesome? (você está solitário?). Precisa dizer mais?
A pausa para respirar só vem mesmo na simpática I Won't Run, um popzinho sacolejado, quase bubblegum, e outra balada, Six O'Clock In The Morning. Finda essa canção, acaba também o sossego. Run That Through Your Mind é uma intimação à dança, uma jóia roubada do repertório do godfather of soul sem que ele percebesse, a música que James Brown nunca compôs porque ele tinha testosterona demais e sensibilidade de menos.
Esse propulsor dançante se repete ainda em I've Been Workin' On You e Don't Want Another Man, provando que essas garotas, que ainda nem tinham atingido a maioridade, sabiam muito bem o que queriam, reduzindo-nos, pobres homens, a patéticas carcaças fracassadas. It's Magic retoma o clima de Hide And Seek com um tiquinho menos de intensidade e ainda sobra para o popzinho Forgetting, cantada por Mindy, aquela banalidade que só as melhores canções pop têm.
Essas canções registradas em um único take atestam escancaradamente a música que emergia da alma das garotas.
Se minhas palavras não o convencem, ouça Is This a Dream?, gravada apenas por Pame e Judi, uma canção bem sensual, provocante e atemporal. Ainda mais despojada, A Summer Morning preserva todo seu soul apenas com voz e guitarra. The Warmth Of Your Smile sugere como Marianne Faithfull poderia soar se não tivesse sido tão junkie. E as versões demo de faixas que entraram no álbum, "I've Been Workin' On You e Are You Lonesome?, não deixam nada a dever para os registros de estúdio. Para falar a verdade, sua urgência e crueza até às tornam ligeiramente superiores.
The Feminine Complex pode ter sido esquecido pelos anais do sucesso, esse monstro bizarro, e pela imprensa musical, essa puta feia e injusta, mas o seu infelizmente único registro está eternizando como um dos albuns mais belos lançado.

1.Hide & Seek
2.Now I Need You
3.Are You Lonesome Like Me?
4.I Won't Run
5.Six O'Clock in the Morning
6.Run That Thru Your Mind
7. It's Magic
8.I Don't Want Another Man
9.Forgetting
10.I've Been Workin' on You
11.Time Slips By
12.Hold My Hand
13.Love Love Love
14.I've Been Workin' on You
15.Hold Me [demo version]
16.Now I Care
17.A Summer Morning
18.The Warmth of Your Smile
19.Are You Lonesome Like Me?
20.Time Slips By [demo version]
21. Is This a Dream?
22.Movin'

Download: http://rapidshare.com/files/195371165/Feminine.rar

2 comentários:

  1. Primeiro, muito obrigado por postar essa pérola profunda e eterna. Segundo, expresso minha indignação: nenhum comentário ainda? Sem dúvida essa é uma das maiores pérolas perdidas do rock dos 60´s. Lê-se isso infinitas vezes nos blogs por aí, mas há muito não topava com uma obra tão doce, sincera e cheia de beleza. Mulher que sabe cantar é insuperável.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...